>>

NOTÍCIAS

PUBLICADO EM 27 DE JANEIRO DE 2020

A(ÓTIMA)FASE DIGITAL DO TRIO PARADA DURA

Formando o principal trio sertanejo de todos os tempos, Creone, Parrerito e Xonadão se aproximam dos 50 anos de carreira em ótima forma O TRIO PARADA DURA completa 47 anos de carreira em 2020 e vive atualmente uma das melhores fases de sua trajetória. Os últimos três anos podem ser considerados tão importante quanto a ascensão na década de 1980, quando estourou o seu primeiro sucesso nacional “Telefone Mudo”, que até hoje é uma das músicas mais regravadas de todos os tempos no sertanejo.O destaque do atual momento do trio acontece pelo resgate dos grandes nomes da música sertaneja _estão aí projetos como “Amigos” e “Clássicos” para comprovar_, mas principalmente pelo desempenho do TRIO PARADA DURA no digital. Com 100 milhões de discos vendidos e 17 certificados de venda na carreira(11 discos de ouro, cinco de platina e um DVD de ouro), é com os milhões de views e plays que os veteranos desfrutam da fase atual e se mantém como a maior lenda viva do sertanejo.Fundado na época do vinil e com sua ascensão por causa do rádio, o TRIO PARADA DURA vê hoje seu público fidelizar nos aplicativos de música. Só no Spotify, uma das principais plataformas de streaming do mundo, são mais de 855 mil ouvintes mensais, sendo que o mais recente DVD, “Pensa Num Trem que Dói”, ultrapassa os 15 milhões de plays, e o anterior, “Chalana, Churrasco e Viola”, tem mais de 30 milhões.Já quando o assunto é vídeo, o TRIO PARADA DURA se aproxima de 1 milhão de inscritos no Youtube, com meio milhão de visualizações de seus clipes no canal. O destaque sem dúvida é para o videoclipe oficial com colaboração de Marília Mendonça, “Aceita que Dói Menos”, que já foi visto mais de 180 milhões de vezes, acompanhado por “Vivendo Aqui no Mato”, que já registra mais de 63 milhões de acessos e tem a participação de Zé Neto & Cristiano. Chegando agora ao mundo digital, foi com “Chalana, Churrasco e Viola”, DVD de 2017, que o TRIO PARADA DURA fez a elogiada renovação de sua carreira. Trazendo nomes da nova safra sertaneja, Creone, Parrerito e Xonadão colocaram experiência e autoridade no frescor da nova geração. Em 2019 lançaram o DVD “Pensa num Trem que Dói” que seguiu a fórmula do sucesso anterior. Gravado em Belo Horizonte(MG), o álbum trouxe participações de novos nomes _ Maiara & Maraisa e Lucas Reis & Thacio _, mas homenageou seu legado ao lado de nomes consagrados _Cesar Menotti & Fabiano e Leo Magalhães. É com Matogrosso & Mathias o destaque do atual trabalho. “Se For Passar em Goiânia” é o encontro de dois dos principais nomes da música sertaneja e que vivem na era digital a sua bem-sucedida retomada. Em ótima forma no mercado musical, os veteranos não à toa ganharam o apelido carinhoso de “Rolling Stones do Sertão”, porque a majestade sertaneja continua no reinado e se aproxima das cinco décadas de carreira no auge.Com média de 15 shows por mês, os números estão refletindo na estrada. E mesmo aos 79 anos, o fundador Creone, um dos mais experientes de todo o mercado sertanejo, corta o Brasil com apresentações principalmente nas regiões centro-oeste e sudeste do país. Aceita que dói menos, porque as andorinhas voltaram com tudo. TRIO PARADA DURA - NÚMEROS EM DESTAQUE -Youtube1 Milhão De Inscritos- 444 milhões de visualizaçõesVídeos em destaque: - Aceita que Dói Menos feat.Marília Mendonça(183 milhões de views)- Vivendo aqui no Mato feat.Zé Neto & Cristiano(63 milhões de views)- Último Adeus(37 milhõesde views)- Spotify772 mil Ouvintes Mensais - 30 milhões de plays no DVD “Chalana Churrasco e Viola”  - 15 milhões de plays no recenteDVD “Pensa num trem que Dói” Instagram 374 mil seguidores Facebook 362.255 seguidores SIGA O TRIO PARADA DURA: ➡https://www.facebook.com/otrioparadadura ➡https://www.instagram.com/trioparadadura ➡https://twitter.com/otrioparadadura ➡http://trioparadadura.art.br

COMPARTILHAR ESTA NOTÍCIA

CONTINUE LENDO